Voltar atrás
 

O PENSAMENTO POPULAR EM FORMA DE VERSO (ou talvez não…)

Na casa do grande irmão
Que todos tão bem conhecemos
Foi expulso mais um cabrão….
Votemos irmãos, votemos!

Antes do tempo das auto-estradas
Acelerava-se e morria-se de encontro a uma árvore (ou uma vaca…)
-----------------------------------------------------------------------------------
É mais belo misturar o sangue na terra, que deixar a assinatura no alcatrão…

Gosto do novo governo e do que dizem na televisão
(disseram-me que alguns deles até escrevem nos jornais, imagine-se!!).

O Benfica, o Porto e o Sporting
O Pai, o Filho e o Espírito Santo…

O Fado a mim deixa-me sempre com a Saudade e com a garganta seca.

O emigrante de Leste aprende depressa o português
Ontem soube que um deles foi ministro da Moldávia
E trabalha na construção civil e está à espera dos ordenados em atraso
O emigrante de Leste aprende depressa o português…

As saudades que eu já tinha da minha alegre casinha
Com a janela virada para o mar e construída
em três semanas sem ninguém mo autorizar
Querem demoli-la….. nem pensar!!!

Orgulho-me muito de saber de cor
As duas primeiras estrofes dos Lusíadas

O povo unido na festa do Avante
Corre as tasquinhas todas e vomita de rompante
 
 
Publicidade das Berlengas
Cabeça de Pescada © - Todos os direitos reservados