O que é o Peixebol Fórum Peixebol Hiper-Liga Peixebol Clubes Peixebol
Voltar atrás
 

CAMPEONATOS DE ATLETISMO COLUMBÓFILO

Com a trágica morte de Raúl Super Pombo, as Berlengas perderam a sua maior referência no atletismo columbófilo, mas os nacionais de 2003 deram a conhecer uma nova vedeta, o campeão Serafim do Pombal, que conquistou 3 medalhas de ouro.

 
 

Serafim do Pombal foi o grande vencedor dos campeonatos de atletismo columbófilo das Berlengas. Apresentando-se na sua máxima força, o atleta do Desportivo das Berlengas, alcançou o recorde nacional dos 110 metros barreiras, para além de ter alcançado a medalha de ouro nos 100 metros e salto em comprimento.

Para Serafim do Pombal, o recorde nacional nos 110 metros barreiras, "foi fruto de alpiste e muito trabalho, mas julgo ser capaz de alcançar resultados ainda melhores".

O atleta, foi para já convidado a participar nos mundiais de atletismo deste ano, em representação da selecção das Berlengas, que depois de ter ficado sem Raúl Super Pombo, em consequência de um trágico acidente que o vitimou, não tinha qualquer atleta com hipóteses de alcançar bons resultados. Segundo o atleta, "é a realização de um sonho, pois desde pequeno que observava do meu pombal os feitos de Raúl Super Pombo".

Os Campeonatos de Atletismo Columbófilo das Berlengas, prestaram a devida homenagem a Raúl Super Pombo, com uma exposição fotográfica dos grandes feitos do atleta, organizada pela Federação de Columbofilia das Berlengas.

O pombo campeão, é agora um dos mais fortes candidatos às medalhas nos próximos jogos Olímpicos, que vão decorrer na cidade de Apenas em 2004, havendo assim grandes hipóteses das Berlengas conquistarem as primeiras medalhas olímpicas.
 
  Esta página foi visionada pelo Gabinete de Leituras Aconselhadas (GLA), presidida pelo ilustre Presidente das Berlengas, Doutor António da Silva Goma, benfeitor do país e da humanidade.
 
 
Publicidade das Berlengas
Cabeça de Pescada © - Todos os direitos reservados