Voltar atrás
 

"FOGO AMIGO" FERE PRESIDENTE DAS BERLENGAS

O Presidente das Berlengas, Doutor António da Silva Goma, queimou as sobrancelhas, quando o ministro das Finanças, Manuel Esperma, lhe deu lume com um isqueiro para acender um charuto.

 
 

O Presidente das Berlengas, Doutor António da Silva Goma, foi vítima de um acidente de "fogo amigo", que lhe queimou parte das sobrancelhas, quando o ministro das Finanças, Manuel Esperma, ofereceu lume com um isqueiro com uma chama demasiado alta.

Prontamente assistido pelos excelentes serviços médicos das Berlengas, o Presidente Doutor António da Silva Goma, encontra-se de boa saúde e já com as sobrancelhas em crescimento.

Apesar do Presidente ter considerado o infortúnio como "acidente de fogo amigo", o ministro das Finanças Manuel Esperma, será alvo dum processo-crime por atentado à segurança da vida do Presidente.

O ministro que se encontra internado no excelente hospital das Berlengas, devido a 3 balas de "fogo amigo" da segurança do Presidente (o que revela a eficiência da segurança nas Berlengas), já pediu desculpas ao Presidente e a toda a nação pelo "acidente que colocou em causa a integridade física do nosso amado líder".

Manuel Esperma, afirma estar "bastante arrependido por não ter verificado a chama do isqueiro", e considera que o processo-crime de que é alvo por atentado à vida do Presidente "é totalmente justo", não estando preocupado com as consequências, "porque confio na justiça das Berlengas e realmente coloquei em causa a face do Presidente".

O ministro das Finanças arrisca-se a uma pena de prisão que pode ir até aos 10 anos. A pasta das Finanças foi temporariamente assumida por Manuela da Silva Goma, a respeitosa esposa do Presidente Doutor António da Silva Goma.
 
  Esta página foi visionada pelo Gabinete de Leituras Aconselhadas (GLA), presidida pelo ilustre Presidente das Berlengas, Doutor António da Silva Goma, benfeitor do país e da humanidade.
 
 
Publicidade das Berlengas
Cabeça de Pescada © - Todos os direitos reservados