Voltar atrás
 

Discursos do ilustre e estimado Presidente das Berlengas
DOUTOR ANTÓNIO DA SILVA GOMA

DISCURSO 15

 
 

AUSTERIDADE É PROSPERIDADE


Se bem me recordo, este não é o primeiro, nem o segundo ou muito menos o quarto Natal que as Berlengas passam comigo a dirigir de forma pacífica e ordeira os destinos do país, mas sim o terceiro Natal.

Apesar do nosso bonito país não ter uma religião oficial, mas sim uma enorme quantidade de fé(zes) de gaivotas, achei que seria bom para a população das Berlengas festejar o Natal duma forma mais católica, pois acredito que o vosso estimado Presidente terá um lugar de destaque no céu.

Convidei Deus a estar presente nos festejos do Natal nas Berlengas, não só para alegrar os corações dos meus estimados cidadãos, mas também para debater assuntos de natureza económica, que possam ajudar este país a tornar-se na maior potência a nível mundial.

Caso a agenda de Deus permita a sua presença nas Berlengas, todo o planeta saberá que somos um país agraciado. Caso Deus tenha que enviar um dos seus acessores, também não ficaremos tristes, pois também eu não posso estar em todos os locais ao mesmo tempo como gostaria.

É por essa razão, que as Berlengas ainda não atingiram o patamar que pretendo que alcancem. Mas caros cidadãos das Berlengas, tudo o que tenho feito por este país tem sido benéfico para o futuro desta gloriosa Nação.

Haverá fome nas Berlengas? Injustiça? Falta de apoio à saúde? Não, responde o vosso estimado Presidente. Quem passa fome morre, pelo que não há fome nas Berlengas. As nossas prisões estão cheias, pelo que é justo salientar que a justiça funciona e não é injusta. Injusto seria ter as nossas belas e confortáveis instalações prisionais vazias. Saúde? Quem não tem respeitado as regras das Berlengas tem tido um tratamento à saúde exemplar. Com todos estes apontamentos, penso que será natural dizer que sou um bom Presidente e que tenho feito tudo para melhorar a vida dos habitantes das Berlengas.

A todos os cidadãos das Berlengas desejo um Santo Natal e um Novo Ano de 2006 cheio de propriedades. Prometo a todos os berlenguenses, que o próximo ano será um ano cheio de austeridade, que é uma bonita palavra que rima com prosperidade, que é o que todos queremos para a nossa bonita Nação.


Doutor António da Silva Goma - Presidente das Berlengas
 
 
Publicidade das Berlengas
Cabeça de Pescada © - Todos os direitos reservados