Voltar atrás
 

RECEITAS TRADICIONAIS DAS BERLENGAS

- Taínha do Tejo com molho de tinta aromático
- Sopinha de cabeças de pescada

 
 

Taínha do Tejo com molho de tinta aromático

Uma receita para todas as ocasiões, com o melhor que a natureza nos dá.

 

Ingredientes:

4 taínhas da zona da Trafaria, 1 litro de água do rio Trancão, 10 esferográficas Bic (azuis ou pretas).

 
 

Preparação:

Despeje as taínhas numa caçarola com 1 litro de água do Trancão. Não se preocupe com os temperos, pois a água já os traz todos. Deixe cozer os peixinhos, sem os lavar nem lhes tirar as tripas (são a parte mais deliciosa do prato). À parte, retire as cargas das canetas e esprema a tinta para dentro da caçarola (recomenda-se a tinta preta para dias de frio e a tinta azul para refeições à beira mar). Aproveite o resto da tinta das canetas para anotar as receitas deliciosas do Cabeça de Pescada. Deixe cozer o guisado mais a tinta durante mais 17 minutos e 19 segundos (tenha atenção ao tempo de cozedura que é muito importante). Acompanhe com massa preta ou de espinafres. Desaconselha-se qualquer tipo de leitura durante as três horas seguintes à refeição.

 
 

Sopinha de cabeças de pescada

Prepare uma deliciosa sopinha com cabeças de pescada.

 

Ingredientes:

2 cabeças de pescada grandes, 1 embalagem de massa de letras (apenas as vogais), sal e pimenta q.b..

 
 

Preparação:

Escarafunche o interior das cabeças de pescada com o que achar mais apropriado (para aqueles que tiram macacos do nariz, aconselha-se o dedo) de modo a retirar tudo o que está lá dentro. Despeje o que tirou num tacho em água a ferver, junte sal e pimenta a gosto, e deixe cozer durante 21 minutos juntamente com as cabeças. À parte, noutro tacho, coza as massinhas juntamente com os oitos olhos de pescada que retirou cuidadosamente com a ajuda de pauzinhos chineses. Tenho o cuidado de utilizar uma massa que inche bastante. Depois de cozidas, volte a tirar as cabeças de pescada, e com cuidado, verifique se o interior continua limpo ou não (use um isqueiro e uma lata de aerossol). Retire as massas e cuidadosamente encaixe os olhos no meio dos "ós" da massa para dar o efeito desejado à coisa. Recheie as cabeças com as massas mais os "ós ólhados" (dispostos de forma aleatória ou não, como preferir) e leve ao forno até achar que lhe cheira bem. Não necessita de acompanhamento pois é um prato completo. Fica bem com qualquer bebida, mas aconselha-se cerveja preta.

 
 
Publicidade das Berlengas
Cabeça de Pescada © - Todos os direitos reservados